Palavras de Boas Vindas

Palavras de Boas Vindas do Capelão

do Núcleo

Image and video hosting by TinyPic

Novidades!

Conheça o nosso site, cheio de novidades!

Clique aqui.


Horário e Local dos cultos

20 de out de 2011

“Como alguém deve se aproximar de Jesus Cristo?”



“E, passando Jesus outra vez num barco para o outro lado, ajuntou-se a ele uma grande multidão; e ele estava junto do mar.
E eis que chegou um dos principais da sinagoga, por nome Jairo, e, vendo-o, prostrou-se aos seus pés,
E rogava-lhe muito, dizendo: Minha filha está moribunda; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos, para que sare, e viva.” Mateus 5:21-23
Algumas  pessoas eram  recebidas por Jesus, com a maior gentileza e compaixão, seus pedidos eram atendidos e se iam embora em regozijo. Outras eram rejeitadas de saída, suas perguntas eram respondidas com outras perguntas, e se afastavam resmungando, desapontadas e iradas, decididas a persegui-lo e matá-lo.
As pessoas que o buscavam se dividiam nesses dois grupos distintos. Por que essa diferença? Não estava nEle. Ele estava pronto a abençoar a todos. Ele é paciente e benigno, e insiste até mesmo com Judas até o fim. “O que vem a mim de modo algum o lançarei fora”. Essas são suas palavras; essa era Sua atitude. Por que, então, a diferença? Há somente uma resposta. A diferença está nas pessoas e na forma como se aproximam dEle. Jairo é recebido, seu pedido é atendido e ele é abençoado. Evidentemente ele se aproximou do Senhor da forma correta, da única forma que resulta em benção. Qual é ela?
Em primeiro lugar, claramente envolve uma profunda consciência e compreensão de sua própria necessidade. Foi por causa disso que Jairo empreendeu sua jornada em busca do Senhor Jesus.No entanto, tudo se provou vão e fútil. A doença se agravou, a febre continuou, a situação se tornou desesperadora. Ele ouvira falar de Jesus e Seu poder, e finalmente veio a Ele como um último recurso. Observem como o registro sagrado revela a consciência que Jairo tinha de sua própria necessidade, declarando que ele “rogava-lhe muito...Rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare e viva”.
Leiam o Novo Testamento por si mesmos e descobrirão que isso sempre esta presente no caso de todos que foram abençoados por nosso Senhor.
Amigo, já se conscientizou de sua necessidade?
Quão facilmente vemos necessidades físicas e externas, porém como somos cegos as necessidades mais importantes da alma e do espírito, simplesmente porque são invisíveis e imateriais!
Jairo estava consciente de crise e da urgência de sua situação. E você? Ele sentia que a morte estava se aproximando cada vez mais de sua filha, e podia ocorrer a qualquer momento. Você percebe que o mesmo se aplica á sua vida?
Saiba que depois da morte vem o juízo, e todos seremos julgados e teremos que prestar contas de tudo que fizemos.
Nada que seja imundo ou impuro poderá entrar na Cidade Santa. Ninguém será admitido a não ser que esteja vestido com o manto imaculado de justiça e santidade. “Deus é luz”, e todos que esperam passar a eternidade com Ele devem ser como Ele. Você está preparado?
Nosso problema é tão desesperador como no caso dela. Você pode limpar sua alma e purificar seu espírito? Pode apagar seus próprios pecados?
Sem ele você está condenado á morte e miséria eterna.
Oh, compreenda a sua desesperada situação em que se encontra, e corra para Jesus Cristo!
Segundo lugar, ele não apenas tinha compreensão de sua necessidade, mas, notamos em Jairo uma admirável e extraordinária humildade. Embora seja um dos líderes da sinagoga, um homem importante, em posição de autoridade, ele cai aos pés de Jesus Cristo que é, aparentemente, apenas o filho de um carpinteiro de Nazaré, um camponês, para muitos um João-ninguém. Jairo prosta-se aos pés de Jesus Cristo.
As pessoas que vinham a Ele para examiná-lo e testá-lo invariavelmente se afastavam desapontadas e confusas, sentido que elas mesmas haviam sido examinadas e testadas até as profundezas de seu ser. Aqueles que se aproximaram dele para apanhá-lo numa armadilha e testá-lo e tentá-lo com Suas próprias palavras, e colocá-lo em situações difíceis sempre se afastavam confundidas, condenadas e odiando-o com ódio amargo. Mas os que caíram aos Seus pés, reconhecendo a Sua grandeza, nunca deixaram de receber uma benção.
Ele somente abençoa os que vêm de joelhos, os que, olhando para Ele e cônscios de sua própria pecaminosidade e incapacidade, compreendem que Ele é o Filho de Deus vindo ao mundo para nos libertar. Ele está oculto para os sábios e entendidos, mas se revela as crianças. Ele não se submeterá a nossa inspeção presunçosa, todavia Se revelará aos nossos corações quebrantados, humildes e contritos.Quando compreender que é um pecador perdido e sem esperança, você cessará de criticar Jesus Cristo e a considerá-lo como um mero homem, mas começará a se apegar a Ele com urgência e desespero.
Terceiro lugar, Jairo se aproxima com fé e obediência.
Ele crê que Cristo pode curar e salvar a vida de sua filha. Ele implora e roga que Jesus venha imediatamente para impor suas mãos sobre ela. Ele tem fé no poder do Senhor, e se coloca inteiramente e sem reservas em Suas mãos, e se submete á Sua direção.
Depois do primeiro pedido, a única coisa que Jairo faz é seguir o Senhor e se apegar a Ele. Ele não reclama do atraso causado pela mulher, não reclama nem se queixa.
Limita-se a ouvir as palavras do Senhor e submeter-se á Sua liderança. Jairo crê nele, submete-se inteiramente a Ele e contenta-se em ser guiado por Ele, aconteça o que acontecer. Nosso Senhor não exige que entendamos, porém insiste que confiemos nele e nos submetemos a Ele.
Compreende a sabedoria dessa decisão, e a insensatez de depender do seu próprio entendimento? Já compreendemos a desesperadora natureza da nossa situação. Todos os nossos esforços não podem não podem nos salvar.
Esses são os Seus termos. Essa é a única forma de nos aproximarmos dele!
Vamos agora considerar o que acontece com os que se aproximam de Cristo de forma correta.
Que descobertas extraordinárias Jairo fez naquele dia, especialmente sobre a Pessoa de Jesus Cristo!
Como eram limitadas e indignas as idéias que Jairo tinha de Jesus, antes de se encontrar com Ele! E como se expandiram á medida que seu relacionamento com o Senhor se aprofundou! Você nunca conhecerá realmente o Senhor Jesus Cristo enquanto não se submeter a Ele. Mos no momento em que fizer isso, começará a descobrir algumas das coisas mais extraordinárias e gloriosas que um ser humano pode conhecer.
Primeiro, descobriu que Ele está pronto a recebê-lo e preparado para responder ao seu humilde clamor. Como são gloriosas essas simples palavras: “E Jesus foi com ele”
Ele aceitou Jairo e ouviu seu clamor. Pode haver coisa mais compensadora e maravilhosa? Jesus Cristo não lhe volta às costas, nem o rejeita – pelo contrário, vai com ele.
Jesus Cristo recebe a todos que, em seu desespero, voltam-se para Ele em humildade e se lançam em Seus braços de amor. Ele nunca o rejeitará se você vier dessa forma.
Ele sentou-se com publicanos e pecadores, e declarou que não viera para chamar os justos, e sim os pecadores ao arrependimento.
Não importa o que você tenha sido, ou como tenha tratado o Senhor – Ele ainda esta pronto e esperando para recebê-lo. Ele levou nosso pecado em Seu próprio corpo sobre madeiro, morreu a nossa morte e sofreu o nosso castigo. Ele o receberá se você se aproximar dele da forma correta, e lhe dará os desejos do seu coração. Lance-se sobre Ele!
Segundo, depois de recebê-lo, Ele cuidará de você, e o protegerá, guiará e guardará. Já pensou nos versos 35 e 36?
As pessoas que vieram da casa de Jairo falaram com ele, mas quem respondeu foi Jesus. Antes que Jairo pudesse proferir uma só palavra, o Senhor falou esta bendita frase: “Não temas, crê somente.” Entretanto, quero que concentremos nossa atenção nas seguintes palavras do texto: “E Jesus, tendo ouvido estas palavras, disse... “ Sua reação foi imediata.
Como é amoroso o cuidado de Jesus! Ele esta guardando Jairo.
Uma vez que você se entrega a Jesus Cristo, Ele não deixará só, mas ficará ao seu lado. Ele é o Bom Pastor
Terceiro, além de tudo isso, você tomará consciência do seu poder.
Ele acreditava que Jesus podia impedir que sua filha morresse, curando-a de sua enfermidade.
Aquele homem compreendeu que bastava que Jesus falasse uma palavra, não importa a distância que o separasse do enfermo. Jairo não tinha compreendido isso, assim como não compreendera que Jesus podia levantar alguém da morte com a mesma facilidade que curar um doente. Mas naquele dia ele aprendeu essa grande lição.
No entanto, ele precisava aprender, e aprendeu que Jesus tinha todo o Poder, e que para Ele nada era impossível.
Falamos sobre as dificuldades e os problemas e nossas fraquezas, em vez de pensarmos em termos do seu poder da sua força.
Conclusão
Este incidente, no entanto não só nos mostra como Jesus é, mas também o que Ele faz. Seus atos são tão maravilhosos quanto sua Pessoa, Sua obra por nós na salvação é tão grande quanto Sua natureza.
Em Jesus Cristo todas as minhas dúvidas são resolvidas, todas as minhas perguntas são respondidas, e não importa quantas mensagens ou mensageiros satanás mande ao meu encontro, eu os enfrento a todos em Jesus Cristo e por meio dEle.
Lemos que, quando chegava a casa de Jairo, ouviram o alvoroço, o pranto e os lamentos; e quando o Senhor Jesus falou com eles, assegurando-lhes que tudo acabaria bem, todos zombaram e escarneceram dele. Ele os expulsa do quarto!
É o Senhor quem faz tudo. A oposição não se contenta mais em simplesmente mandar mensagens a Jairo – ela agora se torna mais ativa e mais arrogante, e se posiciona contra o próprio Senhor Jesus.
Jesus literalmente Se volta contra o inimigo.
Em nossas próprias forças somos incapazes, porém graças a Deus não lutamos sozinhos! Ele opera em nós e sobre nós.
Ele não só é fiel na vida, Ele também é fiel na morte. Ele estará conosco até o fim. Até o fim? Por toda a eternidade! Para sempre! O que mais você precisa?
Ele virá ao seu encontro, exatamente onde você se encontra neste momento, limpará e apagará o seu passado, dar-lhe-á paz e alegria imediata, vivificará a sua alma e o guiará pelo restante de sua vida nesta terra, capacitando-o a viver vitoriosamente, e no fim o apresentará a Deus no céu.

Pastor Thiago Luiz Fernandes Acquarone (Convidado)
Pregado no Culto de terça-feira, dia 18/10.

Nenhum comentário:

Postar um comentário